sábado, 14 de dezembro de 2013

O Walden de Thoreau

Uma referência intelectual e moral muito frequente entre os que defendem a Natureza selvagem e/ou afirmam a importância e a possibilidade da autossuficiência humana está na obra de Henry Thoreau, a qual chegou a tornar-se um referencial tão relevante que, por um lado, alcança desde o liberalismo conservador até o anarquismo, e, por outro lado, alcança também o ecologismo radical.

Felizmente, é fácil encontrarmos em português aquele que é, talvez, o principal livro de sua obra -- no qual Henry Thoreau relata a experiência prática e intelectual que viveu em seu retiro nos bosques às margens do lago Walden --, em uma edição ainda recente (2010) da L&PM Editores, bastante acessível e com uma cuidadosa tradução.