quinta-feira, 27 de fevereiro de 2014

"Crescimento populacional humano: Anomalia cultural"

O blog "A Vida Nos Bosques", do biólogo e filósofo primitivista brasileiro Felipe Carvalho, tem uma postagem de 28 de agosto de 2011 que bem merece a maior divulgação possível:


Trata-se de uma breve argumentação acerca da tendência social de se considerar "natural" o fato de nos encontrarmos em um mundo superpovoado -- fato que, ao contrário, é verdadeiramente aberrante: "Não é normal, não é durável, e não é bom para ninguém. Pelo contrário, antes dele nós vivemos em outros modos de vida, que por dois milhões de anos construiram nossos corpos e nossas mentes, e nos quais vivemos bem e felizes, como a antropologia e a paleoantropologia têm mostrado, e como muitos povos tribais têm alegado em vão aos civilizados. (...) O que mudou foi nosso jeito de nos vermos no mundo. Passamos a nos ver como donos, e a justificar e valorizar a cobiça. E não há modo possível, nem desejável, de tornar esta postura sustentável." (Carvalho -- cf. no link anterior.)








... Essa postagem inclui este interessantíssimo link da "'curva J' do histórico populacional humano" -- o qual também merece ser acessado e divulgado...