segunda-feira, 1 de setembro de 2014

Um Conto Moderno

   Numa bela tarde, ao passar por perto de um rio, um próspero comerciante deparou-se com um pescador fumando tranquilamente o seu cigarrinho, recostado junto a uma canoa. Horrorizado com aquilo, o comerciante bruscamente parou e perguntou àquele pescador:

-- Por que você não está pescando?

-- Porque eu já pesquei bastante por hoje -- respondeu o pescador.

-- Mas por que você não sai para pescar mais peixes?

-- E o que eu ia fazer com mais peixes? -- perguntou o pescador.

-- Você venderia os peixes e ganharia dinheiro. Com o dinheiro, você poria um motor na sua canoa, e assim você iria mais rápido e mais longe, para pescar mais peixes. E aí, então, você teria dinheiro para comprar redes novas de nylon, e poderia pescar mais peixes ainda, e ganharia ainda mais dinheiro. E logo você teria dinheiro para ter outra canoa, e também mais redes. E poderia ficar rico, rico como eu.

-- E o que eu ia fazer, se ficasse assim, rico como você? -- perguntou o pescador.

-- Você poderia descansar e aproveitar a sua vida -- finalmente.

-- Mas afinal, o que você acha que eu estou fazendo agora? -- respondeu então o satisfeito pescador...

Conto de origem desconhecida

(Em uma versão das Edições Natura naturans)