terça-feira, 26 de janeiro de 2016

"Reflexões sobre a linguagem hodierna"

Esse recente artigo do escritor português Manuel Monteiro -- publicado no site do jornal português Público -- traz uma breve análise sobre o funcionamento e as disfunções da linguagem corrente na atual cultura tecnológica:

"A antropomorfização e o terror dos mercados, a sacralização e a sexualização da tecnologia são insidiosamente servidas, como se caminhássemos inexoravelmente para uma utopia tecnocapitalista, com o inglês como o novo esperanto."

Eis o texto na íntegra, aqui: